APCANNA

Sócio Apoiante

A STORZ & BICKEL é única nesta área, já que a
empresa é o primeiro e único fabricante de inaladores medicinais de
canabinóides a nível mundial. Progressividade, capacidade de inovação e, acima de tudo, visão, são os motes desta jovem empresa, com 17 anos, que contribuíram para um desenvolvimento de sucesso da mesma.
Há pouco mais de 20 anos, a empresa foi fundada quando Markus Storz, em 1996, desenvolveu o primeiro protótipo do vaporizador VOLCANO, atualmente conhecido em todo o mundo. Quando, em 2002, Jürgen Bickel se torna sócio, surge a empresa STORZ & BICKEL GmbH. A partir deste momento, a empresa cresce a um ritmo constante.
No presente, a STORZ & BICKEL emprega aproximadamente 170 colaboradores, sendo que o número dos trabalhadores duplicou nos últimos cinco anos. Devido ao crescimento rápido, em finais de 2016, é concluída a S&B Vapor Factory, com uma área útil total de 9000 m2 em Tuttlingen, uma cidade que, com mais de 500 fabricantes de dispositivos médicos, é considerada o nexo da tecnologia médica.
A STORZ & BICKEL é o primeiro Sócio Apoiante da APCANNA, e estamos muito gratos pelo apoio na concretização da nossa missão!

Parceiros

O Cannareporter é um portal de notícias sobre canábis fundado pela jornalista portuguesa Laura Ramos e o estudante/ativista João Costa em 2017. Chamado inicialmente de CannaPress, o Cannareporter tem milhares de leitores de mais de 20 países diferentes e é um centro de referência internacional em informação objetiva, em várias línguas, sobre a canábis em todos os seus aspectos: medicinal, terapêutico, industrial e recreativo.
Dos vários projetos desenvolvidos pelo Cannareporter, salienta-se o Episódio Zero da série documental “Pacientes”, curta-metragem sobre os usuários de canábis terapêutica em Portugal, e os ciclos de Conferências PTMC – Portugal Medical Canábis, que reúnem renomados Médicos e Investigadores para educar doentes e profissionais de saúde sobre a canábis medicinal.
O Cannareporter não tem filiação política, partidária, ideológica, económica ou religiosa e pretende contribuir para o debate sobre a canábis com rigor e imparcialidade.
O Cannareporter conta com uma equipa independente de criação de conteúdos em Portugal e cumpre as melhores premissas de liberdade de expressão e informação, ouvindo todas as partes envolvidas e renunciando a qualquer forma de censura.
“Não seguimos a cultura clickbait para atingir os alvos de visualizações de página! Preferimos nos concentrar na qualidade em vez da quantidade, porque sabemos que nossos leitores querem o melhor. Acreditamos que o consumo responsável de canábis só pode ser alcançado por meio de informações viáveis ​​e da liberdade individual, única forma de melhorar a saúde pública, acabar com a guerra contra as drogas e estimular a economia local e global.”
Este projeto tem sido desenvolvido numa base pro bono, mas para poder crescer e continuar a desenvolver jornalismo independente de qualidade sobre canábis, foi criado um Patreon onde podes dar o teu contributo!
Junta-te à revolução verde e torna-te Patrono do Cannareporter aqui!

A CANNADOURO MAGAZINE é uma revista trimestral em papel, dedicada a divulgar informação sobre canábis. Pretende transmitir aos leitores informação que permita uma utilização mais consciente e informada da planta da canábis, numa perspectiva anti-proibicionista, dedicando espaço a notícias, reportagens, crónicas,  entrevistas e artigos de fundo sobre a canábis e o cânhamo, ao mesmo tempo que abrange as várias fases do crescimento desta planta com múltiplas utilizações.
A CANNADOURO MAGAZINE vem também dar voz aos pacientes que utilizam canábis para fins medicinais e informar a sociedade civil sobre todos os avanços relativos às potencialidades terapêuticas da canábis, de um ponto de vista rigoroso e científico.
A CANNADOURO MAGAZINE visa promover ainda a divulgação e utilização do cânhamo agro-industrial enquanto recurso e matéria-prima para uma vivência mais ecológica e sustentável, recuperando o papel histórico de relevo que o cânhamo ocupou em Portugal, antes da era petroquímica.
“Rumo à legalidade da canábis”.
Redes sociais: @cannadouro
O local de encontro da cultura canábica em Portugal!
A CANNADOURO,  Feira Internacional de Cânhamo de Portugal, é uma mostra anual de Empresas, Marcas e Produtos, com presença de Associações e um ciclo de Conferências.
Ao longo dos dois dias do evento, é disponibilizada aos visitantes informação acerca do uso Agrícola, Industrial, Recreativo, Terapêutico e Medicinal da Canábis nos dias de hoje. A 4ª Edição da Feira decorre no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, a 20 e 21 de Novembro de 2021.
O Espaço de Exposição da edição deste ano será ocupado por empresas nacionais e internacionais relacionadas com os actuais usos da cannabis e que representam toda a capacidade inovadora e empreendedora deste sector de negócios em forte expansão mundial.
As Conferências continuam a ser um compromisso da Cannadouro para promover o debate publico e dentro da sociedade civil em torno da utilização do cânhamo em todas as suas vertentes: industrial, recreativa e medicinais.
A Zona Interior da Cannadouro terá uma Zona Cultural e uma Zona Associativa, onde várias associações estarão presentes.
Na Zona Exterior, haverá uma área de restauração com Food Trucks onde será possível provar produtos culinários preparados com cânhamo.
A CannaCasa – Associação do Cânhamo Industrial, é uma organização sem fins lucrativos criada em 2019 com o objectivo de promover e fomentar o sector industrial da canábis, nomeadamente a produção de cânhamo, um cultivar não psicoativo da espécie Cannabis sativa L. para fins industriais.
Os objetivos primordiais que fundamentaram a constituição da CannaCasa estão fundamentados na carência que o sector apresenta relativamente a desenvolver, promover e em ver apoiada a produção e o uso de tantos materiais à base de cânhamo quantos os que sejam possíveis, bem como a transformação em vários outros subprodutos de uma maneira sustentável;
A CannaCasa trabalha ainda para educar e informar, seja o público em geral através de conferências e workshops, seja através do contacto com os órgãos governamentais e/ou comerciais, de forma a participar de forma activa no estabelecimento das infra estruturas necessárias para criar uma indústria à base da espécie Cannabis sativa L. para fins industriais em toda a comunidade internacional.
Se já é agricultor, transformador ou empresário, se tem interesse no cânhamo para fins industriais, junte-se à Cannacasa para construirmos uma comunidade coesa e que defende intransigentemente o cânhamo industrial. Torne-se associado da Cannacasa e junte-se à única associação com uma atividade integralmente dedicada ao cânhamo.
Esperamos por si, visite o nosso website!
David Viveiros é um designer visual versátil que concebe, define e produz ativos criativos para diversos clientes. Apaixonado pela fusão de novas estéticas, cria resultados únicos ao misturar novas tecnologias com processos analógicos.
Está envolvido em desenvolvimento de marcas, impressão, digital e merchandising, tipografia, fotografia e ilustração digital. Oferece visuais consistentes para pequenas empresas, artistas e em projetos de iniciativa própria.
Depois de se formar em design gráfico na University for the Creative Arts, David está agora baseado no sul de Londres, onde continuamente desenvolve as suas habilidades e trabalha em novos projetos.
Visite o website da Studio Viveiros aqui.

SYNVIOS é uma empresa Portuguesa especializada em serviços de TI. Temos como missão ajudar os nossos clientes a desenvolver e operar a sua organização de uma forma mais inteligente e eficaz.

É o parceiro de excelência da Apcanna no mundo digital.